Buscar
  • tomazevicmariana

Segunda Sem Carne



O movimento Segunda Sem Carne surgiu em 2003 nos Estados Unidos e hoje está presente em mais de 40 países.


No Brasil está presente desde 2009 instituída pela SVB (Sociedade Vegetariana Brasileira), atualmente é considerado o país com maior adesão do movimento no mundo.


Desde 2011, como extensão do movimento Segunda Sem Carne, foi implementado o projeto Alimentação Escolar Vegetariana nas escolas municipais de São Paulo.


Os alunos da rede pública do município de São Paulo têm acesso à refeições 100% livres de produtos animais.


Em 2017, os alunos da rede estadual de ensino de São Paulo foram inclusos na campanha Segunda Sem Carne, usufruindo de refeições como: feijoada vegetariana composta de feijão preto e legumes, além do arroz e couve presentes, entre outros pratos.


Dentre a programação da campanha, os alunos também tem palestras sobre os riscos de doenças cardiovasculares e diabetes, impacto ambiental decorrente da criação de animais para o consumo humano e diminuição da emissão de gases do efeito estufa.


Além do ambiente escolar, a Campanha foi estendida a partir de 2014 para os restaurantes populares do programa Bom Prato, onde ocorre a substituição da proteína animal pela proteína vegetal às segundas-feiras.


Uma curiosidade referente ao surgimento do movimento Segunda Sem Carne, sua origem foi devido a uma politica de Administração de Comida dos Estados Unidos durante a Primeira Guerra Mundial.


O governo norte americano incentivava as pessoas a consumir menos carnes nas segundas-feiras, pois o objetivo era armazenar maior quantidade de alimentos para enviar para o Exército Americano e seus aliados.


Na Segunda Guerra Mundial a mesma foi retomada, com o mesmo objetivo, e então no ano de 2003, foi novamente colocada em pauta pela advogada Sid Lerner em conjunto com a Universidade de John Hopkins.


Dessa forma, foi revivida como uma campanha de Saúde Pública, com o objetivo de reduzir o consumo de carne para a prevenção de doenças crônicas não transmissíveis.


De acordo com a OMS Brasil e Ministério da Saúde do Brasil (2004 e 2011) as doenças de maior impacto são:


  • As doenças cardiovasculares

  • O câncer, particularmente o cérvico-uterino e o de mama em mulheres e de estômago e pulmão nos homens

  • Diabetes Mellitus

  • Doenças Respiratórias Crônicas

O objetivo da campanha Segunda Sem Carne é de conscientizar as pessoas sobre os impactos que o uso de produtos de origem animal para alimentação tem sobre os animais, a sociedade, a saúde humana e o planeta.


Dessa forma, a campanha contribui e facilita para as pessoas descobrirem novos sabores, novas receitas ao realizarem a substituição da proteína animal pela proteína vegetal ao menos 1 vez por semana.


Para você que deseja tentar a alimentação vegetariana, esse é um bom começo, pois devemos sempre começar de algum lugar.



Av. Senador Feijó, 686 - Vila Mathias
Santos, SP - 11015-504

+55 13 4042 0341

tomazevic.mariana@gmail.com

  • toppng
  • White Instagram Icon

© 2020 por Mariana Tomazevic.